Header Ads

Peças Publicitárias

É inegável que anúncios publicitários sejam presença constante no Enem e nos vestibulares. Este tipo de texto ganha cada vez mais espaço, pois eles expressam o comportamento e os valores da sociedade moderna.














Em vista disso, espera-se que os estudantes tenham conhecimento suficiente para interpretar as peças publicitárias da forma mais crítica possível. 
Entretanto, deve-se lembrar que os anúncios têm a função primordial de chamar a atenção e convencer seus interlocutores. Sendo assim, eles fazem uso dos mais variados recursos linguísticos, associando o texto verbal com o não verbal. A publicidade também utiliza função conativa, marcada pelos verbos no imperativo.



Logo, fica óbvio que o candidato que for prestar o Enem ou algum vestibular, além de conhecer o contexto social atual, deve dominar a gramática e a interpretação de textos. Para isso, não existe receita melhor: LEITURA E OBSERVAÇÃO
A leitura irá auxiliá-lo na hora de interpretar algum texto, seja ele qual for. A observação também é um fator importantíssimo neste caso, pois se trata de algo do nosso cotidiano. Na maior parte das vezes, nos deparamos com outdoors ou cartazes e mal nos damos o trabalho de interpretá-los. Portanto, irei propor um exercício muito simples: da próxima vez que ver alguma peça publicitária, questione-se a respeito da linguagem utilizada, tente descobrir qual o público alvo e qual o principal objetivo do anúncio. Fazendo isso, certamente seu desempenho nas provas será muito melhor.

Abaixo, irei disponibilizar duas questões do Enem em que a publicidade esteve presente.

Questão 131, caderno amarelo - Enem 2010
Disponível em: http://www.ccsp.com.br. Acesso em: 27 jul. 2010 (adaptado).

O texto é uma propaganda de um adoçante que tem o seguinte mote: “Mude sua embalagem”. A estratégia que o autor utiliza para o convencimento do leitor baseia-se no emprego de recursos expressivos, verbais e não verbais, com vistas a:

a) ridicularizar a forma física do possível cliente do produto anunciado, aconselhando-o a uma busca de mudanças estéticas.

b) enfatizar a tendência da sociedade contemporânea e buscar hábitos alimentares saudáveis, reforçando tal postura.

c) criticar o consumo excessivo de produtos industrializados por parte da população, propondo a redução desse consumo.

d) associar o vocábulo “açúcar” à imagem do corpo fora de forma, sugerindo a substituição desse produto pelo adoçante.

e) relacionar a imagem do saco de açúcar a um corpo humano que não desenvolve atividades físicas, incentivando a prática esportiva.

Questão 102, caderno amarelo - Enem 2011



O anúncio publicitário está intimamente ligado ao ideário de consumo quando sua função é vender um produto. No texto apresentado, utilizam-se elementos linguísticos e extralinguístico para divulgar a atração “Noites do Terror”, de um parque de diversões. O entendimento da propaganda requer do leitor:

A) a identificação com o público-alvo a que se destina o anúncio.

B) a avaliação da imagem como uma sátira às atrações de terror.

C) a atenção para a imagem da parte do corpo humano selecionada aleatoriamente.

D) o reconhecimento do intertexto entre a publicidade e um dito popular.

E) a percepção do sentido literal da expressão “noites do terror”, equivalente à expressão “noites de terror”.


Agora irei mostrar alguns dos anúncios mais criativos dos últimos tempos, a fim de que você tente interpretá-los. Ps.: Clique na imagem para ampliar.







































Gostou? Acompanhe nossa página no Facebook!





Leia também:


Tecnologia do Blogger.