Header Ads

Barroco [resumo]

Como movimento cultural e artístico, o Barroco se estende do final do século XVI até o início do século XVIII. Tem origem na Itália, alcança vários países europeus e algumas de suas colônias, como o Brasil. Os contrastes que marcam o período barroco traduzem a tentativa de fundir uma perspectiva antropocêntrica, herdada do Renascimento, à perspectiva teocêntrica, recuperada pela Contra-Reforma.














St. Jerome, de Caravaggio

Contexto histórico e sociedade 

O ser humano, durante o Renascimento, floresceu não somente em termos artísticos , mas também em termos pessoais, adquirindo maior autoconfiança e libertando-se, aos poucos, da ameaçadora fé medieval. A principal marca dessa libertação foi a Reforma Protestante, liderada por Martinho Lutero, que rompeu com a Igreja Católica ao afirmar a retidão e a santidade de todos aqueles que cressem verdadeiramente O golpe da Reforma Protestante foi duro e atingiu diretamente a Igreja, que defendia a redenção da alma humana somente pela intervenção sua e de seus sacerdotes. A Companhia de Jesus, fundada por Inácio de Loyola durante o Concílio de Trento, liderou a defesa e a difusão do Catolicismo, como forma de combate ao protestantismo ameaçador. As escolas e universidade jesuítas criaram um estilo próprio de arte e arquitetura: ricamente ornamentadas por querubins , parecem tentar comover o coração da mesma forma que o pregador buscava seduzir o intelecto. Nascia assim, intimamente ligada ao espírito da Contra-Reforma, a estética do rebuscamento , da filigrana, da ornamentação rica e excessiva, que será, mais tarde, denominada de Barroco. A tensão gerada pela reação católica ao Protestantismo será notada na definição do Barroco e determinará a adoção de uma postura diferente pelas pessoas, que se vêem ideologicamente divididas, pressionadas por uma tendência que, aliada ao Renascimento, afirma sua capacidade individual; e outra que, voltada para a recuperação do Teocentrismo medieval, exige do ser humano uma postura submissa diante de Deus e da Igreja. Do ponto de vista econômico, vivia-se a revolução comercial, cuja política econômica, o mercantilismo, se baseava no metalismo, na balança de comércio favorável e no acúmulo de capitais. A burguesia despontava nesse contexto como classe de forte poder econômico. A sociedade estava organizada em três classes impermeáveis: o clero, a nobreza e o Terceiro Estado esse formado pelos camponeses, pelos artesão e pela burguesia. Do ponto de vista político, consolidava-se o Estado absolutista, sistema político baseado na centralização absoluta do poder nas mãos do rei, que se considerava representante de deus na Terra. 

Características:
  • Retomada dos valores cristãos;
  • Tensão, angústia e instabilidade;
  • Arte das formas e do rebuscamento;
  • Cultismo (jogos de palavras, de construções e imagens)
  • Conceptismo (valorização dos conceitos, ideias e argumentos);
  • Pessimismo;
  • Culto do contraste (carne/espírito, pecado/perdão, juventude/velhice...);
  • Conflito entre o "eu" e o mundo;
  • Conflito entre visão antropocêntrica e teocêntrica;
  • Idealização amorosa;
  • Carpe diem;
  • Consciência da efemeridade do tempo;
  • Gosto por raciocínios complexos;
  • Gosto pelo soneto;
  • Emprego da medida nova (poesia);

Os marcos:
  • 1517: a Reforma divide a Igreja entre católicos e protestantes.
  • 1540: é fundada a Companhia de Jesus.
  • 1563: a Igreja dá início ao movimento da Contra-Reforma.
  • 1580: Unificação da Península Ibérica (início do Barroco em Portugal).
  • 1601: Prosopopeia - Bento Teixeira (início do Barroco no Brasil).
  • 1756: fundação da Arcádia Lusitana (fim do Barroco em Portugal).

Principais artistas:
  • Padre Antônio Vieira;
  • Gregório de Matos.

Principais obras:
  • Sermão pelo bom sucesso das Armas de Portugal contra as de Holanda;
  • Sermão da primeira dominga da Quaresma;
  • Sermão de Santo Antônio (aos peixes);


Fontes: Português: Linguagens - William Cereja & Thereza Cochar + Português: Língua, Literatura e Produção de Texto: Maria Luiza Abaurre, Marcela Nogueira Pontara & Tatiana Fadel.

Gostou? Acompanhe nossa página no Facebook!



Leia também:

Tecnologia do Blogger.