Header Ads

Redação: 5 Dicas para escrever melhor

Somos todos escritores, só que alguns escrevem e outros não. José Saramago estava certíssimo em afirmar que todos possuem o poder de criar histórias e se expressar através da escrita, mas que infelizmente nem todos descobrem e aprimoram este talento.

Entretanto, tratando-se de uma prova de redação num vestibular ou no Enem, precisamos ser menos abstratos. Infelizmente, vivemos na América Latina e, embora tenhamos evoluído bastante nos últimos anos, até hoje amargamos pertencer à lista de países com maiores índices de analfabetismo do planeta. Ainda é cultural que crianças sejam poucos estimuladas a criar o hábito de ler e escrever, tanto por parte das escolas quanto por parte dos pais.
Então, a realidade de muitos estudantes brasileiros é esta: teve um ensino fundamental e médio de pouca qualidade, aprendendo apenas o básico, e poucos meses antes de prestar o vestibular se vê obrigado a recuperar o tempo perdido. Logo, fica claro entender porque alguns alunos parecem sempre ir bem nas provas de redação e outros não, não trata-se da diferença entre uma pessoa que nasceu com esse talento ou não, mas sim de pessoas que receberam estímulos e oportunidades diferentes durante sua infância e adolescência. Escrever bem não é um dom reservado apenas a alguns poucos "iluminados". É uma habilidade que, se tratada com seriedade, pode ser desenvolvida e aprimorada.


Aprender a desenvolver sua criatividade, estudar ortografia, entender o formato técnico de uma redação, ter a capacidade de criar argumentos com embasamento... Essa tarefa realmente não é nada fácil. Mas neste artigo vou dar algumas dicas simples de como escrever melhor e aumentar as suas chances de se dar bem nas provas de redação do Enem e dos diferentes vestibulares.


Leia regularmente


"A maior parte do tempo de um escritor é passado na leitura, para depois escrever; uma pessoa revira metade de uma biblioteca para fazer um só livro." - Samuel Johnson

Essa dica parece realmente bem óbvia, mas muitos estudantes parecem crer que é possível "pular esta e passar pra próxima". Não dá. Ler com regularidade desenvolve sua criatividade, o que é essencial para fazer uma prova de redação. Veja só, esse hábito vai prevenir os famigerados "ihhh, deu branco!", vai fazer com que você consiga concluir a prova com muito mais rapidez e objetividade, o que é muito importante em provas como o Enem, em que o tempo disponível é curto.
Além disso, ler regularmente aumenta o seu vocabulário, te ajudando a aprender sinônimos, criar comparações e metáforas, e usar elementos de coesão corretamente, e também auxilia a criar textos com coerência e sem erros de concordância.


Crie o hábito de escrever todos os dias


"Uma vez que uma pequena vitória foi conquistada, forças que favorecem outra pequena vitória são postas em movimento. Pequenas vitórias alimentam mudanças transformadoras, elevando vantagens minúsculas a padrões que convencem as pessoas de que conquistas maiores estão dentro de seu alcance." - O poder do hábito - Charles Duhigg

Com a velocidade e praticidade da comunicação via Internet e celular, as pessoas se veem cada vez menos obrigadas a se expressarem por meio de textos escritos. Comece a praticar com frequência o hábito de se expressar por meio da escrita. 
Primeiramente, pode começar praticando com temas que você gosta e sente facilidade de falar. Você pode manter uma agenda/ diário ou até mesmo criar um blog sobre um tema que você goste muito (futebol, moda, maquiagem, games etc.).
Depois, você pode começar a aprimorar quesitos mais técnicos da prova de redação. Baixe provas anteriores do vestibular que você vai prestar ou do Enem e escolha um dia específico da sua semana que usará para criar estas redações. No início, pode escrever de forma livre, preocupando-se em dar seu melhor e procurando não cometer erros gramaticais, para, após terminar, corrigir os possíveis erros. Depois de algumas semanas, você pode começar a pegar mais pesado, cronometrando o tempo para finalizar a redação, o que é importantíssimo, já que dificilmente um vestibular vai disponibilizar mais de 1:30h para esta prova.


Estude ortografia e não deixe dúvidas passarem sem resposta


É indispensável dominar a escrita formal na hora de escrever uma redação do Enem ou vestibular. Mas isso é uma competência que não é adquirida de um dia para outro. Não tem escapatória, você vai ter que pegar um livro de gramática e estudar, pelo menos o básico. Uma peça importantíssima para a construção dessa habilidade é nunca deixar uma dúvida passar sem resposta. Quando estiver escrevendo um texto e esquecer como se escreve corretamente uma palavra ou não se lembrar de um sinônimo, não deixe de pesquisar a resposta. Você vai notar que ao fazer isso sempre quando surgem dúvidas, sua produtividade vai aumentar e irá memorizar estes termos bem mais rápido.


Saiba para quem você está escrevendo

É essencial conhecer o que o vestibular quer de você. Antes de partir para a prova pesquise o formato de texto que será exigido, qual será o limite mínimo e máximo de linhas, qual a linguagem mais adequada etc... Tudo isso você vai aprender lendo provas de anos anteriores e lendo o edital do vestibular com atenção. O próprio Enem, por exemplo, tem bem especificadas quais são as competências exigidas na sua prova.


Seja objetivo


"O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco." - Júlio Dantas

Essa dica está intimamente ligada a anterior. Ao prestar um vestibular ou o Enem, lembre-se: Você não está escrevendo uma tese de mestrado, não está construindo um TCC e muito menos vai concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura pelo seu texto. Traduzindo: Não encha linguiça. Escreva apenas o necessário, cuidando da gramática, utilizando argumentos embasados, evitando os excessos de exemplos, utilizando sinônimos e elementos de coesão, respeitando a estrutura de redação... Resumindo, faça o que o edital da prova exige - que é exatamente o que o corretor quer ler, nada mais além disso.

Gostou? Acompanhe nossa página no Facebook!



Leia também:

Tecnologia do Blogger.