Swift

Resenha: Os Sofrimentos do Jovem Werther, de Goethe


Reza a lenda que a publicação do livro “Os Sofrimentos do Jovem Werther”, em 1774, provocou uma onda de suicídios na Europa. Sendo isso uma verdade ou não, o fato é que esse livro se consolidou como um dos grandes clássicos de todos os tempos, sendo até hoje um dos mais lidos no mundo. Além disso, a publicação dele fez com que o autor Johann Wolfgang von Goethe se tornasse ainda mais popular em sua época, sendo considerado um dos precursores da Escola Romântica.

“Os Sofrimentos do Jovem Werther” é um romance epistolar que acompanha a história de Werther, um jovem rapaz que se vê perdidamente apaixonado por Charlotte, uma mulher que já estava prometida em casamento a outro homem. Um detalhe importante nisso é que não se trata de um romance platônico; aqui, o jovem Werther realmente conhecia Charlotte e sua família, mantendo contato constante com sua amada.


Apesar de a mulher já ser comprometida, o rapaz continuava investindo num possível relacionamento e seu amor por ela crescia mais e mais. Frente à impossibilidade de concretizar seus desejos, o suicídio acaba se tornando um pensamento cada vez mais doce na imaginação de Werther.

Vou vê-la! Foi esta a minha primeira exclamação desta manhã, quando me levantei e meus olhos procuraram alegremente o sol. “Vou vê-la!” E, durante o dia inteiro, não tive outro desejo. Tudo, tudo foi absorvido por essa perspectiva” (citação do livro - carta do dia 19 de julho).

 

O escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe

O livro foi escrito em 1ª pessoa, sendo que a maior parte dele é composta pelas cartas enviadas por Werther a seu amigo Wilhelm, falando sobre seu dia a dia e, principalmente, sobre seus encontros e desejos envolvendo Charlotte.

Ao contrário do que eu esperava ao começar a ler uma obra do século XVIII, “Os Sofrimentos do Jovem Werther” é um livro muito rápido de ler. Isso se deve principalmente por conta do formato em que foi escrito. A linguagem utilizada é pouco rebuscada e o fato de ele ser um romance epistolar fez com que a leitura fluísse muito bem. Apesar disso, o tema central do livro não é nem um pouco leve.

O grande tema do livro é o suicídio. Ele ronda os escritos de Werther com frequência, demonstrando que isso era algo que estava na cabeça do jovem apaixonado em todo momento. Entretanto, conforme Werther começa a perceber que seu romance com Charlotte era praticamente impossível, ele começa a desenvolver quase que uma obsessão pelo suicídio. Para ele, isso seria um escape rápido dos seus infortúnios, achando que depois da morte, quem sabe, poderia reencontrar Charlotte e aí sim viver seu amor livremente.

Uma curiosidade sobre o livro é que alguns historiadores acreditam que “Os Sofrimentos do Jovem Werther” é na verdade uma autobiografia. Isso porque acredita-se que Goethe, durante a juventude, realmente havia se apaixonado por uma mulher comprometida. Inclusive, reza a lenda que depois da publicação do livro um casal de amigos de Goethe sentiu-se representado pelos personagens Albert e Charlotte e cortaram as relações com o autor.

O livro figura até hoje nas listas dos mais vendidos no mundo e com certeza você não irá se arrepender se resolver ler ele. Você pode adquiri-lo em uma das lojas abaixo:

Leia também:

Flickr Images