Vermelho, branco e sangue azul atinge a marca de 100 mil exemplares vendidos

Oi, pessoal! Como vocês estão? Estou passando aqui para compartilhar uma notícia muito bacana que a Editora Seguinte compartilhou nas suas redes sociais nesta última semana: o livro "Vermelho, branco e sangue azul", de Casey McQuiston, atingiu a incrível marca de 100 mil exemplares vendidos aqui no Brasil! Não é incrível?

Quem aí já leu? Se você ainda não leu, irei compartilhar abaixo um breve resumo do livro. Se acabar se interessando pela leitura, você pode comprar o livro na Amazon clicando AQUI.


Quando sua mãe foi eleita presidenta dos Estados Unidos, Alex Claremont-Diaz se tornou o novo queridinho da mídia norte-americana. Bonito, carismático e com personalidade forte, Alex tem tudo para seguir os passos de seus pais e conquistar uma carreira na política, como tanto deseja. Mas quando sua família é convidada para o casamento real do príncipe britânico Philip, Alex tem que encarar o seu primeiro desafio diplomático: lidar com Henry, irmão mais novo de Philip, o príncipe mais adorado do mundo, com quem ele é constantemente comparado – e que ele não suporta.


O encontro entre os dois sai pior do que o esperado, e no dia seguinte todos os jornais do mundo estampam fotos de Alex e Henry caídos em cima do bolo real, insinuando uma briga séria entre os dois. Para evitar um desastre diplomático, eles passam um fim de semana fingindo ser melhores amigos e não demora para que essa relação evolua para algo que nenhum dos dois poderia imaginar – e que não tem nenhuma chance de dar certo. Ou tem?