Header Ads

Como cada esfera social pode ser responsabilizada na proposta de intervenção



No Enem, a competência 5 avalia a proposta de intervenção, que é obrigatória e equivale a 20% da nota total. Ela deve atender a uma série de requisitos essenciais, como indicar QUEM resolverá o problema, COMO, ou seja, os meios, e PARA QUAIS PROPÓSITOS. Neste post, vamos compartilhar um macete que irá ajudá-lo na hora de formular as propostas, para ser coerente e completo.




Para começar, grave a seguinte palavra: GOMIFES. Vamos te mostrar que cada letrinha dessa palavra é um agente social que você poderá escolher para atuar em sua proposta.

G: Governo

> O governo pode agir criando leis ou ampliando as já existentes, pode colocar em prática essas leis, fiscalizando seu cumprimento, criar e aprimorar projetos, melhorar pisos salariais e fiscalizar a gestão de recursos públicos, com o propósito de direcioná-los adequadamente para as mudanças necessárias, sem que haja desvios.

O: ONGs

> ONGs são Organizações Não Governamentais. Portanto, elas não pedem ajuda ou recursos governamentais para resolução de questões. Sua atuação está ligada, muitas vezes, à promoção de campanhas de prevenção e informatização, medidas fundamentais para grande parte das problemáticas discutidas: conscientização é essencial.

M: Mídia

> A mídia é importante no processo de difusão de informações, além de ser um dos principais veículos formadores de opinião atuais. Seu papel é informar, educar e divulgar a problemática para suscitar a discussão, por exemplo.

I: Indivíduo

> É importante lembrar que o indivíduo deve ter conhecimento e ser conscientizado sobre as questões em discussão antes de ser responsabilizado na proposta. Ninguém acorda de um dia para o outro pronto para resolver um problema social. Pense nisso antes de indicá-lo como agente. Ele pode divulgar informações em redes sociais, mobilizar pessoas próximas para discussões ou mudar suas próprias atitudes ao ser conscientizado!

F: Família

> A família tem um papel fundamental de formação ética dos indivíduos. Pais são responsáveis pela educação dos filhos, pela imposição de regras e limites, pela educação de convivência em sociedade.

E: Escola

> A escola pode e deve investir em seus educadores, criar projetos diferenciados para educar alunos sobre determinadas questões, além de ser responsável pela exigência de uma relação mais próxima entre a instituição e as famílias, um trabalho conjunto.

S: Sociedade

> A sociedade pode mobilizar-se para que movimentos de reivindicação aconteçam e medidas sejam tomadas. Protestos e manifestações só acontecem se setores da sociedade tiverem iniciativa para tal.


GOMIFES. Governo, ONGs, Mídia, Indivíduo, Família, Escola e Sociedade. Já te indicamos 7 agentes e o que eles podem fazer. Caberá a você selecionar, adaptar as capacidades de cada um ao que precisa ser feito e indicar, ao final, o resultado da proposta.
Pense na coerência das propostas, de quais recursos os agentes irão dispor (se financeiros ou não, por exemplo), deixe tudo completo e arrase! Veja mais dicas para mandar bem na proposta de intervenção AQUI.

Até a próxima! ;)


Gostou? Acompanhe nossa página no Facebook!



Leia também:


Tecnologia do Blogger.